Câncer Infantojuvenil | Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí
Rede Feminina de Combate ao Câncer do Piauí

Se diagnosticado precocemente, o câncer infantojuvenil apresenta 80% de chance de cura

Após o tratamento adequado, boa parte das crianças e adolescentes tem uma boa qualidade de vida

No Brasil, o câncer infantojuvenil representa a primeira causa de morte (8% do total) por doença entre crianças e adolescentes entre 1 a 19 anos. Esse tipo de câncer, corresponde a um grupo de várias doenças que têm em comum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo.

Entre os tumores mais frequentes na infância e na adolescência estão as leucemias, que afetam os glóbulos brancos; os que atingem o sistema nervoso central e os linfomas, que atacam o sistema linfático. Além desses cânceres, existem também os neuroblastomas, um tumor de células do sistema nervoso periférico; o tumor de Wilms, um tipo de tumor renal; os retinoblastomas, que afetam a retina; o tumor germinativo das células que originam os ovários e os testículos; o osteossarcoma, um tumor ósseo; e por último os sarcomas, que são tumores de partes moles.

Somente em 2020, o Instituto Nacional de Câncer (INCA), realizou uma estimativa de 8.460 novos casos de câncer infantojuvenil. Somente no Piauí, a estimativa para o ano de 2021 é de 130 novos casos, muitos destes diagnosticados tardiamente, impossibilitando a aplicação da medicina curativa efetiva. Já o número de mortes pela doença no ano de 2019, ultrapassou a marca dos 2.500 óbitos, de acordo com o Atlas de Mortalidade por Câncer (SIM).

Diferente dos cânceres que acometem os adultos, o câncer infantojuvenil geralmente afeta as células do sistema sanguíneo e os tecidos de sustentação. Os tumores nas crianças e adolescentes, por serem predominantemente de natureza embrionária, são constituídos de células indiferenciadas. Por isso, geralmente, as pessoas de 1 a 19 anos tem uma melhor resposta aos tratamentos atuais.

Diagnóstico Precoce

É perceptível que nas últimas quatro décadas existe um progresso extremamente significativo no tratamento do câncer na infância e na adolescência. Atualmente, em torno de 80% das crianças e adolescentes acometidos da doença podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados.

A explicação para isso está no fato da criança ou adolescente ainda estar com o organismo mais resistente, e com melhores condições nutricionais. Além disso, no início da detecção do câncer, as células ainda não se multiplicaram tanto, afetando assim menos órgãos.

O tratamento do câncer, ao contrário do que muitos pensam, começa com o diagnóstico correto e precoce da doença. Isto é, no início dos primeiros sintomas. Para isso, também são necessários um laboratório confiável e um estudo de imagens.

Existem três modalidades principais de tratamento do câncer infantojuvenil, são elas: a quimioterapia, a cirurgia e a radioterapia. Em qualquer uma dessas vias é realizado um planejamento de acordo com o diagnóstico do tumor e as suas características biológicas.

clique aqui para comprar o seu tícket

Uma das principais campanhas de arrecadação do país em prol de crianças e adolescentes com câncer do Brasil, chega a sua 33ª edição!

O dia “D” este ano acontecerá em 23 de outubro de 2021. Esta edição do evento será marcada pelo uso de recursos digitais, você pode comprar seu ticket sem sair de casa

Cada BIG MAC custa R$17,00, e a renda obtida com as vendas dos sanduíches será destinada ao Projeto Data Manager e ao projeto de Capacitação no Diagnóstico Precoce para profissionais de saúde do Estado do Piauí.